20/04/20 16:18 ●

Cell off sleep on: A importância de desligar-se em meio à pandemia

*Por Rafael Moura, CEO da I wanna sleep



Com o avanço da Covid-19, as empresas têm criado planos e ações para evitar a transmissão e cuidar da saúde dos funcionários. Para conter o avanço do vírus, a recomendação de mantermos o distanciamento social conduziu negócios a mudarem formatos e a própria rotina de trabalho. Até mesmo os canais de informação voltaram suas atividades para o que está acontecendo mundialmente.

Assim como no noticiário, o mundo não para. A economia, os negócios, as contas, as atividades do dia a dia não tiveram uma pausa, pelo contrário, são estes alguns dos temas que podem vir a causar problemas de saúde e fazer com que nos afastemos ainda mais, até de nós mesmos.

É verdade que nunca assistimos a uma cena como esta, tanto no campo da economia como no social e no da saúde. Alguns pesquisadores afirmam, por exemplo, que além do próprio vírus, a quarentena pode acarretar outros problemas de caráter psicológico, com sintomas depressivos, de tristeza, ansiedade, medo, solidão ou irritabilidade, que também podem causar perda de sono ou até dificuldade na concentração para atividades cotidianas.


Por isso o alerta: desligue-se! Antes de tudo, é preciso manter nossa sanidade mental e para isso é importante se desconectar. Evitar conversas em grupos de WhatsApp, visualizar discussões no Facebook e em outros canais que a pauta sobre este momento seja massiva. Evitar informações em excesso é fundamental para permanecer no caminho da conquista de objetivos, principalmente antes de se deitar para dormir, por exemplo. Afinal, uma vez que o sono é prejudicado, aspectos cognitivos, emocionais, psicológicos também são afetados automaticamente.

É um momento para repensar nossas ações e anseios, nos redescobrir, buscar atividades que nos entretenha, traçar novos desafios e conectarmos com o que importa: nossas vontades, sonhos, cenários e possibilidades.

E assim, com celulares desligados e desconectados de discussões, é importante reconhecer emoções, buscar novas atividades e manter um pensamento otimista para que nossa sanidade mental, o sono, o bem-estar e até a esperança não entrem em quarentena.

*Rafael Moura é fundador e CEO da I wanna sleep, Retail Tech focada em sono e relaxamento. Fundada em 2014 e com entrada no mercado de franquias em 2017, a rede conta com 12 unidades nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. Formado em engenharia agrônoma e de produção, abriu mão de trabalhar na empresa familiar no setor agrícola para empreender. Antes da I wanna sleep, já esteve à frente de três empresas de internet e computação. Moura também foi selecionado dentre 600 empreendedores pela Endeavor para o programa Scale Up BRMalls Partners.

Contatos dos assessores:

Receba por e-mail o contato dos assessores.

Enviar
Desejo receber informações de marketing.
  • content house

  • Somos uma agência digital com o branded content em nosso DNA. Há 10 anos, ajudamos nossos clientes a contarem suas histórias de uma forma diferente, por meio da criação, execução, produção de conteúdo e gestão completa de sua presença no ambiente digital. A Content House figura no ranking das agências digitais com maior faturamento do país. É responsável pela presença digital e pelo marketing de conteúdo de grandes marcas como 99 Empresas, Nutella, Ferrero Rocher, Kinder, Pioneer, Mahogany, Grupo Belliz, Troller e Quatá. Ajudou na construção de grandes marcas como Cerveja Bohemia e Avon – marca para a qual realizou ações de merchandising, incluindo a participação no evento proprietário Nails Fashion Week, primeiro desfile de esmaltes do mundo, que rendeu mais de R$10 milhões em mídia espontânea.