02/04/20 09:18 ●

Isolamento social revela importância do audiovisual, diz cineasta

As restrições de deslocamento promovidas em todo o mundo desafiam o o mercado mas mostram-se como oportunidade única para se reinventar no digital

Foto: Divulgação

O isolamento social proposto pelo Ministério da Saúde como estratégia para controle da pandemia do novo Coronavírus atingiu em cheio o estilo de vida e deixa evidente a importância da indústria audiovisual. Para o cineasta e um dos supervisores do curso de Cinema do Centro Europeu, Fernando Severo, o audiovisual ganhará grande destaque como alternativa de entretenimento e informação enquanto durar a quarentena.

Segundo a Akamai, provedora de entrega de conteúdo virtual, com a pandemia houve aumento de 50% do tráfego de internet em plataformas de streaming. O Instituto Nielsen, responsável por medir a audiência de plataformas como Netflix e Amazon Prime, por exemplo, calcula 156 bilhões de minutos de conteúdo baixado na última semana, um aumento de 36% se comparado com a semana anterior.

"Está mais evidente do que nunca a importância dos técnicos e artistas que realizam as produções e a contribuição do setor para o crescimento econômico e o bem estar da sociedade", diz o Severo.

Segundo números do setor, o audiovisual brasileiro corresponde a 1,67% do Produto Interno Bruto (PIB), movimentando R$ 25 bilhões ao ano, e gera mais de 300 mil empregos diretos e indiretos em toda a cadeia produtiva - produção, distribuição, exibição, entre outros.

"Com o fim da crise vamos ter uma grande demanda na área, que vai sair valorizada porque as pessoas vão ter uma consciência maior da importância do audiovisual em suas vidas e para o desenvolvimento do país", afirma Severo.

Os processos criativos, criação de roteiros, desenvolvimento de projetos e edição de material já gravados não precisam ser interrompidos, mas a crise também é oportunidade para estudo na área e inovação. A expectativa é que o setor se reinvente após a pandemia.

"Vamos estudar atentamente as características técnicas e criativas das produções audiovisuais que foram possíveis de ser realizadas mesmo sem a possibilidade de montagem de grandes equipes e a circulação em ambientes externos. Com certeza elas vão estabelecer novos parâmetros para as atividades da área em tempos de crise e também em momentos mais estáveis", explica Severo.

O curso de Cinema do Centro Europeu possui processo de ensino inspirado nas práticas das melhores escolas de cinema do mundo e aborda todo o processo teórico e prático para criação de filmes de ficção, documentários, séries de TV, webséries, comerciais e ainda explorar a técnica no universo dos youtubers e dos gamers.

Durante o curso, os melhores projetos são exibidos em salas de cinema. Ao final, os alunos são a submeter seu projeto audiovisual a um processo seletivo do mercado e se aprovado terá acesso a toda a estrutura para produzir o que idealizou.

SALAS FECHADAS

Sem ter onde exibir os longas - pela primeira vez na história, no último fim de semana, a bilheteria no Brasil foi zero - os estúdios estão antecipando seus lançamentos em plataformas de conteúdo sob demanda ou adiando as estreias.

Para Severo, a experiência coletiva proporcionada pelas salas de cinema não serão afetadas pelo Coronavírus. "Se a crise for resolvida em toda sua extensão é provável que as pessoas retornem ávidas pela experiência única proporcionada pela sala de cinema", comenta.

INDICAÇÕES PARA QUARENTENA

Fernando Severo indica cinco filmes indispensáveis para quem está em casa durante o isolamento social. Confira:

1. Parasita (2019) - Vencedor do Oscar de Melhor Filme, Melhor Roteiro Original, Melhor Diretor e Melhor Filme Estrangeiro - Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo num porão sujo e apertado. Uma obra do acaso faz com que o filho adolescente da família comece a dar aulas de inglês à garota de uma família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe, filho e filha bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custarão caro a todos. Disponível para aluguel e compra no YouTube e no Google Play.

2. A vida invisível (2019) - Rio de Janeiro, década de 1940. Eurídice (Carol Duarte) é uma jovem talentosa, mas bastante introvertida. Guida (Julia Stockler) é sua irmã mais velha, e o oposto de seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem em um rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice se esforça para se tornar uma musicista, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor com Antenor (Gregório Duvivier). Disponível para aluguel e compra no YouTube e no Google Play.

3. 1917 (2019) - Os cabos Schofield (George MacKay) e Blake (Dean-Charles Chapman) são jovens soldados britânicos durante a Primeira Guerra Mundial. Quando eles são encarregados de uma missão aparentemente impossível, os dois precisam atravessar território inimigo, lutando contra o tempo, para entregar uma mensagem que pode salvar cerca de 1600 colegas de batalhão. Disponível no Amazon Prime e Google Play.

4. História de um casamento (2019) - Nicole (Scarlett Johansson) e seu marido Charlie (Adam Driver) estão passando por muitos problemas e decidem se divorciar. Os dois concordam em não contratar advogados para tratar do divórcio, mas Nicole muda de ideia após receber a indicação de Nora Fanshaw (Laura Dern), especialista no assunto. Surpreso com a decisão da agora ex-esposa, Charlie precisa encontrar um advogado para tratar da custódia do filho deles, o pequeno Henry (Azhy Robertson). Disponível na Netflix.

5. O oficial e o espião (2019) - Oficial e o Espião se passa em Paris, final do século 19. O capitão francês Alfred Dreyfus é um dos poucos judeus que faz parte do exército. No dia 22 de dezembro de 1884, seus inimigos alcançam seu objetivo: conseguem fazer com que Dreyfus seja acusado de alta traição. Pelo crime, julgado à portas fechadas, o capitão é sentenciado à prisão perpétua no exílio. Intrigado com a evolução do caso, o investigador Picquart decide seguir as pistas para desvendar o mistério por trás da condenação de Dreyfus.

Contatos dos assessores:

Receba por e-mail o contato dos assessores.

Enviar
Desejo receber informações de marketing.
  • centro europeu
  • www.centroeuropeu.com.br

  • O Centro Europeu é uma escola voltada para o talento e sucesso profissional.

    A agilidade em antecipar-se às tendências de mercado e aplicar novos conceitos e tecnologias faz com que o Centro Europeu seja a referência para as demais instituições desse setor.

    O Centro Europeu foi fundado em 1991, inspirado nas principais instituições de ensino da Europa, ministra cursos completos e de altíssimo nível que podem durar de três meses a dois anos.

    A qualidade dos cursos, os professores mais destacados no mercado de trabalho, a chancela de grandes instituições europeias, as instalações sofisticadas e os mais avançados métodos de ensino fazem do Centro Europeu referência e modelo de ensino.