17/09/20 09:47 ●

Programa quer aumentar a segurança para realização de cirurgias bariátricas no país

Objetivo é garantir a qualidade do serviço oferecido por hospitais, cirurgiões e equipes

Foto: Divulgação

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), os índices de complicação (3%) e de mortalidade (0,02% a 0,05%) em cirurgia bariátrica - que já são considerados baixos - deverão cair ainda mais no Brasil. A SBCBM lançou um programa inédito de Certificação e Acreditação em Cirurgia Bariátrica, com o objetivo de aferir a qualidade do serviço oferecido por hospitais, cirurgiões e equipes multidisciplinares. Nesta sexta-feira (18), em São Paulo, serão entregues os primeiros 65 certificados aos profissionais e entidades que passaram pelo processo.

O presidente da SBCBM, Marcos Leão Vilas Bôas, explica que a certificação e acreditação trazem benefícios diretos às entidades médicas e equipes, já que influenciarão positivamente na escolha do paciente. "Com este programa estamos elevando os padrões dos serviços acreditados. Além disso, é o reconhecimento público para a excelência de hospitais, para o trabalho dos cirurgiões e de suas equipes multidisciplinares e que trará ainda mais segurança para o paciente", afirma Marcos Leão.

Primeiros do Brasil

Cinco hospitais serão os primeiros do Brasil a garantirem a certificação e acreditação para realização de cirurgias bariátricas e metabólicas. São eles: o Hospital São Luíz - Rede D’Or, em São Paulo; Hospital Santo Amaro, em Salvador; Hospital Alberto Urquiza Wanderley, em João Pessoa; Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora de Fátima, em Patos de Minas e Casa de Saúde Imaculada Conceição, também em Patos de Minas.

A Coordenadora de Qualidade da Fundação José Silveira - Hospital Santo Amaro, em Salvador, Eduarda Carvalho, diz que a Certificação da SBCBM tem a vantagem de ser realizada por especialistas no processos.

"O nível de exigência é alto e o processo focado na área de atuação envolve requisitos importantes a serem cumpridos como, por exemplo, a estrutura para receber pessoas com obesidade grave, qualificação da assistência e melhores desfechos clínicos, avaliação presencial dos setores assistenciais e áreas de apoio relacionadas ao atendimento do paciente cirúrgico e elegível à cirurgia bariátrica", informa.

Outra vantagem, segundo ela, é que no processo preparatório, o Hospital Santo Amaro conseguiu ampliar as capacitações das equipes, revisar protocolos clínicos e gerenciar resultados específicos da cirúrgica bariátricas. "Hoje somos uma instituição totalmente habilitada, de alta confiabilidade e com processos de qualidade validados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, referência nacional", completa.

O vice-diretor e cirurgião do aparelho digestivo do Hospital Imaculada Conceição de Pato de Minas (MG), Dr. Diego Carvalho Gomes, afirma que a Acreditação da SBCBM é a confirmação da qualidade do trabalho prestado aos pacientes e que fortalece a busca pelo aperfeiçoamento.

"A principal vantagem é a garantia aos nossos pacientes que o trabalho realizado está de acordo com os melhores padrões internacionais, trazendo segurança para todos. Outra vantagem é o reconhecimento de toda equipe pelo esforço e dedicação empenhadas para a melhoria da qualidade do serviço prestado", explica Gomes.

Entre os projetos para garantir o melhor nível de Acreditação, o vice-diretor comenta que estão previstas ampliações do espaço físico do hospital, além de realização de cursos aos coordenadores de todos os setores e elaboração de protocolos para cada área relacionada a cirurgia bariátrica como cirurgiões, endocrinologistas, fisioterapeutas, nutricionistas, entre outros. "Estamos fazendo parceria com o Instituto Pró-Vida - CCATO, para implementarmos nosso núcleo de pesquisa do hospital e o acompanhamento multidisciplinar apos alta do paciente", afirma o vice-diretor.

O cirurgião bariátrico do Maranhão, Giuliano Campelo, é um dos que receberá a certificação. "Através de uma auditoria externa fomos avaliados em 19 itens que incluem a capacitação do cirurgião, produção científica, compartilhamento de conhecimento, qualidade da assistência e, principalmente, a segurança do paciente", conta. "Isso é inédito no Brasil e nos dá segurança para oferecer ao nosso paciente um serviço de confiança e de qualidade certificados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica", completa o cirurgião.

Exemplo Internacional
O programa iniciou os processos há cerca de 3 meses e já conta com aproximadamente 400 profissionais da saúde e hospitais cadastrados. A experiência brasileira foi considerada um sucesso pela divisão latino-americana da federação internacional de cirurgia bariátrica e metabólica, a International Federation for the Surgery of Obesity and Metabolic Disorders (IFSO), e será aplicada em breve pelas Sociedades representativas de cada país que integra a entidade.

Segundo o ex-presidente da SBCBM e responsável pelo projeto de Certificação e Acreditação, Dr. Luiz Vicente Berti, o programa proporciona melhora da segurança e acolhimento para os pacientes, segurança jurídica para os hospitais e comprovação do seguimento de protocolos rígidos para cirurgiões e suas equipes. "A certificação é a comprovação de que entidade e profissionais estão aptos para exercer da melhor maneira a cirurgia bariátrica e metabólica", declara Berti.

SERVIÇO:
SBCBM Certifica 2020
Data: 18/09
Horário: 19h
Local: Sheraton WTC - SP
Endereço: Av. das Nações Unidas, 12.559

Contatos dos assessores:

Receba por e-mail o contato dos assessores.

Enviar
Desejo receber informações de marketing.
  • sbcbm
  • sbcbm.org.br

  • A Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM é uma entidade sem fins lucrativos que visa reunir os maiores experts no tratamento cirúrgico da obesidade e das doenças metabólicas, promover atualização científica constante aos membros associados e levar informação de qualidade aos pacientes.

    Entre os objetivos da SBCBM está a promoção de ensino continuado em congressos, seminários, jornadas, cursos de âmbito nacional, regional e internacional, bem como da participação em cursos de graduação e pós-graduação.

    A SBCBM também tem como meta levar informação sobre tratamentos para pacientes e familiares, além de encorajar e apoiar organizações e entidades que possam melhorar ou contribuir para o cuidado dos pacientes obesos mórbidos, cirúrgicos e não-cirúrgicos.

    A SBCBM está organizada em comissões e comitês, atuando com a participação integrada de profissionais da saúde de diversas especialidades que trabalham no atendimento de pacientes obesos, com síndrome metabólica e/ou que sofrem com as doenças associadas.  Para isso, mantemos estrito intercâmbio com associações, hospitais e entidades que se proponham aos mesmos objetivos, adotando programas de educação recomendados pela técnica científica moderna.

    A SBCBM reúne, organiza e divulga dados e indicadores que expressam as diversas vertentes da obesidade mórbida, difundindo amplamente a informação científica.