17/12/20 11:09 ●

Para brindar nas festas de fim de ano: entenda a importância da rolha para o espumante

Conhece-las é uma boa dica para impressionar a todos com um comentário inteligente e inusitado

Crédito Augusto Tomasi


Para brindar nas festas de fim de ano: entenda a importância da rolha para o espumante

Crédito Augusto Tomasi

O som não poderia ser mais festivo: o 'poc' de um espumante sendo aberto é sinal de que vêm comemoração e bons momentos por aí. Nas festas de fim de ano, esse ritual se repete com frequência, antecipando o brinde com a família e amigos. O ato de espocar a rolha de um espumante vem carregado de uma série de particularidades. Conhece-las é uma boa dica para impressionar a todos com um comentário inteligente e inusitado!

Você já deve ter percebido que, diferentemente dos vinhos, as rolhas dos espumantes têm um formato que lembra um cogumelo. Ocorre que, antes de serem colocadas na garrafa, elas são praticamente iguais às utilizadas para vedar as garrafas de vinho. O que muda é o diâmetro um pouco maior, entre 30,5 mm e 31,5 mm - o comprimento, de 48 mm a 54 mm. Há outra particularidade para além de sua aparência que as diferem: a rolha de espumante possui duas ou três peças de cortiça natural inteira. A parte que fica de fora da garrafa é feita de cortiça prensada (aglomerada), de modo a oferecer rigidez e facilitar a extração da rolha. Já a parte interna, que fica em contato com o líquido, recebe um mix de cortiça maciça e elástica, para que se molde ao formato da garrafa e preencha as paredes, suportando a pressão ali existente.

Após se comprimida para que entre no bico da garrafa, através de sua elasticidade natural, a cortiça volta a ter seu tamanho normal, se moldando ao interior do gargalo e ganhando o formato de cogumelo. Caso ela permaneça com esse feitio ao ser retirada da garrafa, significa que a rolha utilizada era de boa qualidade. E é preciso que seja. A rolha de um espumante, com a ajuda da gaiola, serve para que, ao mesmo tempo, não entre oxigênio e não haja liberação de gás carbônico, mantendo a pressão na garrafa. São cerca de 5 atmosferas ou 70 libras de pressão, cerca de duas vezes a quantidade de ar de um pneu de automóvel.

Mas pode ficar tranquilo. Embora realmente seja necessário manusear a garrafa com cuidado, elas são muito resistentes e suportam até sete vezes a pressão contida em seu interior. Uma última curiosidade: a máquina de arrolhar o espumante comprime a rolha a 18mm, permitindo sua entrada no bico da garrafa.

Crédito Augusto Tomasi

Como escolher o espumante adequado

A escolha do espumante é bastante pessoal, mas algumas orientações básicas podem auxiliar na compra da bebida para tornar o momento mais especial. Na ceia completa de Natal, com ave, carne suína, panetone e complementos, existem sabores e texturas bastante diferentes. A dica, portanto, é escolher um espumante que consiga harmonizar com todos os pratos, como o Garibaldi Prosecco (bebida leve e delicada). Se a ideia é degustar um panetone com chocolate (chocotone), vale apostar na harmonização com o espumante Garibaldi Moscatel, que consegue equilibrar muito bem o paladar.

Quem vai receber convidados em casa deve ficar atento a essa dica: é importante mesclar estilos de espumante, dessa forma se atinge maior número de paladares. "Normalmente, opta-se por espumantes mais leves, assim é possível agradar desde quem está iniciando no mundo do vinho até quem já tem mais conhecimento. Para surpreender os convidados, inclua um espumante rosé, variedade que está em alta e impressiona pelo sabor", enfatiza o enólogo Ricardo Morari. Uma sugestão é o Garibaldi Prosecco Rosé Brut, primeiro espumante brasileiro rosé nessa variedade, exclusividade da Cooperativa Vinícola Garibaldi. Ele carrega em sua composição até 5% de uvas Pinot Noir, que imprimem a coloração característica à bebida. Mantendo o aspecto delicado dos rosés, apresenta um perfil aromático mais complexo e harmoniza perfeitamente com saladas, peixes leves, frutos do mar, sopas cremosas, canapés e queijos.

Contatos dos assessores:

Receba por e-mail o contato dos assessores.

Enviar
Desejo receber informações de marketing.
  • vinicola garibaldi
  • www.vinicolagaribaldi.com.br/

  • Situada em Garibaldi (120Km de Porto Alegre) no coração da Serra Gaúcha - maior região vitivinícola do Brasil  -, apresenta índices de crescimento superiores aos da média nacional. Resultado de uma história de investimentos, de profissionalização, de união e de uma trajetória que carrega em sua bagagem o trabalho e a vida de milhares de pessoas.

    Com um quadro de 400 famílias associadas, investimos permanentemente em manutenção e melhoria dos processos produtivos e na qualidade dos produtos. Com uma área de 32 mil metros quadrados de construção e capacidade de processamento que ultrapassa os 20 milhões de quilos, utilizamos tecnologia e equipamentos europeus para a elaboração de nossos vinhos e espumantes.

    Uma identidade marcante, personalidade e características próprias, aliadas ao terroir da Serra Gaúcha, fez com que nossos espumantes acumulassem uma série de premiações em concursos no Brasil e no exterior. Além disso, atingimos o reconhecimento do consumidor pelo ótimo padrão de qualidade, e figuramos na lista das cinco maiores produtoras de espumantes do país; e hoje elaboramos um dos 100 melhores vinhos do mundo. 

    O presidente da Vinícola, Oscar Ló, sempre destacou que este desempenho é o resultado do trabalho, de investimentos e da permanente qualificação de toda a cadeia produtiva. “Trabalhamos próximo ao produtor de uva, valorizando ao máximo a importância da matéria-prima para o resultado final de nossos produtos”.

    Ainda na videira e logo após chegar à cantina, as uvas que serão utilizadas para a elaboração dos vinhos e espumantes passam por um rigoroso controle de sanidade, sendo que o ponto de maturação é determinado de acordo com o produto desejado. Enfatizo que a atenção a esta etapa garante o equilíbrio necessário entre açúcar e acidez.

    O processo de elaboração dos nossos espumantes é baseado em tecnologias francesas, sendo que os insumos utilizados são devidamente selecionados, favorecendo a obtenção de características próprias para o produto. Além disso, a utilização de um dos processos mais modernos do mundo faz com que o sistema de filtração e estabilização seja outro ponto forte dos espumantes da Garibaldi.